Grandes Nomes da Educação

Biografias, Imagens, Links e muito, muito MAIS!

João de Deus (1830 – 1896)

joao_de_deus.jpg

João de Deus nasceu a 8 de Março de 1830 e faleceu a 11 de Janeiro de 1896. Estudou com o pároco da sua aldeia e mais tarde foi para o seminário onde estudou matemática, latim e português. Aos 19 anos matriculou-se em Direito na Universidade de Coimbra e em 1959 terminado o curso e permanece em Coimbra, ficando a colaborar em jornais.
Em 1876, João de Deus envolveu-se nas campanhas de alfabetização, escrevendo a Cartilha Maternal, este foi um novo método de ensino de leitura, que o haveria de o distinguir como pedagogo
Este método, relativamente inovador na época, foi dois anos depois, e por proposta do deputado Augusto Ribeiro aprovado como o método nacional de aprendizagem da escrita da língua portuguesa.

Fevereiro 13, 2008 Publicado por | Cartilha Maternal, Século XIX | Deixe o seu comentário

Célestin Freinet (1896 – 1966)

freinet.jpg

Célestin Freinet nasceu a 15 de Outubro de 1896 e faleceu em Outubro de 1966.

 Foi um pedagogo francês contribui para a reforma da educação. Hoje em dia as suas propostas continuam, ainda, a ser uma grande referência para a educação.

Este foi um crítico da Escola Tradicional e da Escola Nova e foi criador do movimento da Escola Moderna. O seu objectivo principal era desenvolver uma escola popular com vista a formar um homem com mais liberdade, mais autónomo e mais responsável. Ele via a criança como um sujeito que já é um cidadão, ou seja, que tem os seus direitos, interesses e necessidades próprias.

A criança era considerada o centro da educação pois a educação não começa na idade da razão, mas sim desde que a criança nasce.

Fevereiro 13, 2008 Publicado por | Escola Moderna, Século XX | Deixe o seu comentário

John Dewey (1859 – 1952)

dewey.gif

John Dewey nasceu a 20 de Outubro de 1859 e faleceu a 1 de Junho de 1952 e foi professor do ensino secundário e universitário.

A ideia básica do pensamento de John Dewey sobre a educação está centrada no desenvolvimento da capacidade de raciocínio e espírito crítico do aluno. Enquanto suas ideias têm grande popularidade durante sua vida e postumamente, a sua adequação à prática sempre foi problemática e as suas obras são de difícil leitura – ele tem uma tendência para utilizar termos novos e frases complexas que fazem com que seja extremamente mal entendido, forçando reinterpretações dos textos. Para Dewey era importante que a educação não se restringisse ao ensino do conhecimento como algo acabado – mas que o saber e habilidade do estudante adquirem possam ser integrados à sua vida como cidadão, pessoa, ser humano.

No seu livro “Democracia e Educação”, sintetiza, critica e amplia a filosofia da educação democrática contidas em Rousseau e Platão, pois via em Rousseau algo que se centrava no indivíduo, enquanto Platão acentuava a influência da sociedade na qual o indivíduo se inseria. Dewey contestou esta distinção – e tal como Vygotsky, concebia o conhecimento e o seu desenvolvimento como um processo social – integrando os conceitos de sociedade e indivíduo.

Fevereiro 13, 2008 Publicado por | Século XIX | Deixe o seu comentário

Paulo Freire (1921 – 1997)

paulofreire1.jpg 

Paulo Freire nasceu a 19 de Setembro de 1921 e faleceu a 2 de Maio de 1997.

Destacou-se pelo seu trabalho na área da educação popular, voltada tanto para a escolarização como para a formação da consciência e é considerado um dos pensadores que influenciou o movimento chamado pedagogia crítica.

Paulo Freire delineou uma pedagogia intimamente relacionada com a visão do terceiro mundo e das classes oprimidas na tentativa de elucidá-las e conscientizá-las politicamente. As suas maiores contribuições foram no campo da educação popular para a alfabetização e a conscientização política de jovens e adultos operários, chegando a influenciar em movimentos como os das CEB’s – Comunidades Eclesiais de Base. No entanto, a sua obra ultrapassa esse espaço e atinge toda a educação, sempre com o conceito básico de que não existe uma educação neutra: segundo a sua visão, toda a educação é, em si, política.

O método de Paulo Freire consiste numa proposta para a alfabetização de adultos, que criticava o sistema tradicional que utilizava a cartilha como ferramenta central da didáctica que utilizava como ferramenta central no ensino da leitura e da escrita. As cartilhas ensinavam pelo método da repetição de palavras soltas ou de frases criadas de forma forçosa que comummente se denomina como linguagem de cartilha.

Fevereiro 12, 2008 Publicado por | Pedagogia Crítica, Pedagogo, Século XX | Deixe o seu comentário

Immanuel Kant (1724 – 1804)

kant.jpg 

Immanuel Kant nasceu a 1724 e faleceu a 1804 e foi um filósofo iluminista.

Kant é famoso sobretudo pela sua concepção conhecida como transcendentalismo – todos nós trazemos formas e conceitos a priori (que não vêm da experiência) para a experiência concreta do mundo, os quais seriam de outra forma impossíveis de determinar.
A filosofia de Kant é historicamente uma das mais determinantes fontes do relativismo conceptual que dominou a vida intelectual do século XX. No entanto, é muito provável que Kant rejeitasse o relativismo nas suas formas contemporâneas, como por exemplo o Pós-modernismo.
Kant concebeu a educação prática como equivalente à educação moral. O centro desta concepção é a formação do carácter do sujeito, de forma a atingir as características necessárias. Na educação moral a virtude é concretizada em dois tipos de deveres que as crianças desenvolverão: deveres para consigo mesmas e deveres para com os outros.

Fevereiro 12, 2008 Publicado por | Século XVIII, transcendentalismo | Deixe o seu comentário

Jean Piaget (1896 – 1980)

piaget.jpg 

Jean Piaget nasceu a 9 de Agosto de 1896 e faleceu a 16 de Setembro de 1980. Piaget foi biólogo, zoólogo, filósofo, epistemólogo e psicólogo. Foi, ainda, professor de Psicologia na Universidade de Genebra de 1929 a 1954 e ficou conhecido por organizar o desenvolvimento cognitivo em uma série de estágios de desenvolvimento cognitivo no ser humano:

  • Sensório-motor,
  • Pré-operacional,
  • Operatório concreto
  • Operatório formal.  

Piaget deu assim origem à Teoria Cognitiva.

Escreveu mais de 100 livros e 600 artigos, alguns dos quais contaram com a colaboração de Barbel Inhelder.

Piaget desenvolveu estudos sobre os próprios processos metodológicos, concretamente o método clínico e a observação naturalista.

Estes métodos correspondem a importantes avanços na investigação em Psicologia. Até morrer, Piaget estudou, escreveu, participou em congressos, polémicas e debates públicos. Foi uma personagem destacada pela forma empenhada, crítica, interdisciplinar e criativa como orientou as suas investigações baseadas, fundamentalmente, nas observações dos seus filhos e de outras crianças.

Fevereiro 12, 2008 Publicado por | Século XIX | Deixe o seu comentário

Maria Montessori (1870-1952)

maria_montessori_pd_copyrightexpired.jpg

Maria Montessori nasceu a 31 de Agosto de 1870 e faleceu a 6 de Maio de 1952.

Formou-se em medicina e foi na universidade que começou o estudo das crianças.

O método Montessoriano tem por objectivo a educação da vontade e da atenção, com o qual a criança tem liberdade de escolher o material a ser utilizado, além de proporcionar a cooperação.

Na sala de aula, a criança era livre para agir sobre os objectos sujeitos à sua acção, mas estes já estavam preestabelecidos, como os conjuntos de jogos e outros materiais que desenvolveu.

A pedagogia de Montessori insere-se no movimento da Escola Nova, uma oposição aos métodos tradicionais que não respeitavam as necessidades e os mecanismos evolutivos do desenvolvimento da criança.

Ocupa um papel de destaque neste movimento pelas novas técnicas que apresentou para os jardins de infâcia e para os primeiros anos do ensino formal.

O material criado por Montessori tem papel importante no seu trabalho educativo pois pressupõem a compreensão das coisas a partir delas mesmas, tendo como função a estimular e desenvolver na criança, um impulso interior que se manifesta no trabalho espontâneo do intelecto.

Fevereiro 12, 2008 Publicado por | Escola Nova, Pedagogo, Século XIX | Deixe o seu comentário

Johann Heinrich Pestalozzi (1746-1827)

pestalozzi.jpg 

Johann Heinrich Pestalozzi nasceu a 12 de Janeiro de 1746 e faleceu a 17 de Fevereiro de 1827.

Foi um pedagogo e educador pioneiro da reforma educacional.

Durante a invasão francesa da Suíça em 1798, Pestalozzi reuniu num convento abandonado muitas crianças que vagueavam no Cantão de Unterewalden e deu-lhes abrigo, comida e educação.

Em 1799 obteve permissão para manter uma escola em Burgdorf, onde permaneceu trabalhando até 1804. No entanto, em 1801 Pestalozzi concentrou suas ideias sobre educação num livro intitulado “Como Gertrudes ensina suas crianças”. Ali expõe seu método pedagógico, de partir do mais fácil e simples, para o mais difícil e complexo.

Para ver uma apresentação:

http://www.slideshare.net/grandes.nomes/joo-pest

Fevereiro 12, 2008 Publicado por | Escola Moderna, Escola Nova, Pedagogo, Século XVIII | Deixe o seu comentário

Comenius (1592-1670)

comenius.jpg 

O seu verdadeiro nome era Jan Amos Komenský.

As suas teorias de Didáctica foram muito influenciadas pela sua própria experiência escolar: um ambiente rígido onde o professor dominava e a prática da palmatória inspiraram-no para uma didáctica revolucionária no séc.XVII

A sua obra Didáctica Magna apresenta as caracteristicas fundamentais da Escola Moderna.

Para saber mais consulta:

 http://www.slideshare.net/grandes.nomes/comenius

Dezembro 14, 2007 Publicado por | Escola Moderna, Século XVII | Deixe o seu comentário

Contexto

Esta página decorre de um projecto online, em que temos de escolher um tema e desenvolvê-lo online. Nós escolhemos este tema porque foi um trabalho que tivemos que fazer para o primeiro ano na cadeira de Seminário. Com esta página poderemos vir a dar uma ajuda a próximos alunos, e para qualquer publico em geral que queira conhecer os Grandes Nomes da Educação. A nossa intenção é dar uma pequena introdução nas postagens e a partir daí remeter os utilizadores para links da Wikipédia, SlidShare, para mais informação. Os pedagogos(as) serão organizados de várias formas (século, corrente).

Tentaremos ser o mais simples possivel, mas sem ser simplista.

Dezembro 14, 2007 Publicado por | Contexto | Deixe o seu comentário

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.